quinta-feira, 15 de maio de 2014

Eu, ela e o desejo

Série "Poesias e Devaneios", Nº 1


No começo éramos só nós: eu, ela e o desejo de continuarmos juntos.

Depois vieram outros desejos, outras pessoas, outros erros. Se foi errado? Foi!

Continuava sendo uma aventura, e eu não gosto de aventuras, mas essa valeu cada segundo, cada sorriso, e cada lágrima.

Sobre eu não saber amá-la: aprendi a amar de um jeito que ninguém se ferisse, nem eu, nem ela e nem o desejo de ficarmos juntos.

O desejo se perdeu, ela se foi, e restou eu, talvez sentado naquele velho banco da praça solitária, aqui estou, tudo está vivo dentro de mim, mas lá fora tudo morreu, inclusive parte de mim.



(A alegria de saber que você existe faz-me forte para suportar a tristeza de sua ausência.)



Nenhum comentário: