segunda-feira, 28 de julho de 2014

Não há sentido em excesso

Série "Curtas", Nº 6



Sentido? Há sentido em certas ações? Que ações justificam os sentidos? E os sentimentos? Que limites tem as ações? Em que baseiam certos sentimentos, talvez? Que perguntas suscitam os diversos anseios que nos perseguem? E porque nos perseguem de fato? Porque tantas perguntas?

"Há muitas razões para duvidar e uma só para crer."


Nenhum comentário: