segunda-feira, 13 de outubro de 2014

De onde vem a beleza?

Série "Poesias e Devaneios", Nº 9

A beleza vem da tristeza, não há beleza no riso desenfreado...
...não há beleza sem fardo...

...não há literatura sem vilões e lágrimas...

A poesia de quem já sofre é calma, alegre, porque não há mais nada pra vencer...

Só quem sofre é realmente feliz: aquele que sabe exatamente o gosto do alívio.

Que bom que sentimos dor!


Sinal que estamos vivos!


"Chorar é diminuir a profundidade da dor."

Nenhum comentário: