segunda-feira, 12 de outubro de 2015

Não Vamos Ver

Série "Curtas", Nº 23


Não vamos ver. Pode ser até engraçado, mas em relação às coisas boas, não estaremos aqui pra ver, as coisas belas novas interessantes elas ficam no futuro na vontade na esperança intangível elas são como estrelas sonhos distantes, não importa o quão belo são esses sonhos, é melancólico não poder alcançar.

Do mesmo jeito que eu mesmo, posso ser tudo nessa vida, mas jamais serei aquele que irá colocar os pés na tua casa, e nada do que foi planejado irá se concretizar, afinal. Nada disso vai sair do papel, e nem nos preocupamos com quais são as próximas questões. Não dividiremos nenhuma delas enfim.

Não vamos ver nada que possamos comemorar juntos, porque isso está fora de cogitação. Não vamos ver.


"Vou te poupar de qualquer despedida e ir embora..."

Nenhum comentário: