domingo, 1 de janeiro de 2017

Eu sou um lobo

Série "Curtas", Nº 32


Eu sou um lobo porque eu me encontro nas sombras e na dor.

Não existe felicidade derradeira senão aquela em que voltamos a ser o que sempre fomos na nossa natureza mais primitiva.

Eu busco as revelações de tudo que os sagrados contaram para os imprudentes nos sonhos de brasas frias sob os raios de sol que se dissipam sobre lagoas de sangue negro e cobras que comem pedaços de crianças das árvores de cordeiros no outono

O sofrimento eterno é a infelicidade dos homens ignorantes que nunca falham em buscar as profundezas de seus próprios corações e vêem somente a riqueza de um pobre mundo que sofre para esfolar seu próprio dorso com facadas de prata e agradecimento brutal.

"Em segundos, minutos ou anos, meus passos são soturnos."

Um comentário:

Anônimo disse...

"Eu sou um lobo porque eu me encontro nas sombras e na dor." Porque a vida agracia-nos com um pouco de doce, para após, então, nos trazer seu mais amargo lado. Nada se perde em vão, tudo é aprendizado.. Aprende-se a ser um 'lobo' por vivenciar todas as circunstâncias, erros, decepções, falsidades... Tornamo-nos cordeiros e, em seguida, voltamos a ser lobos.. E esse é o círculo vicioso ao qual somos todos presos..